top of page

Arte: estética e ética, gentrificação e meio ambiente (Conversa)

Izis Abreu, Cristiano Sant’Anna, Antonio Carboneiro – Cata pela Vida e Maristoni Lima de Moura – Ksa Rosa

14/10 às 16h — Ksa Rosa

Endereço: Rua Voluntários da Pátria 1039 — Centro Histórico

Entrada franca


Esta atividade conta com Tradução e Interpretação para Língua Brasileira de Sinais — LIBRAS



Izis Abreu integra o Núcleo de Acervo do Museu de Arte contemporânea do Rio Grande do Sul- MAC-RS; Pesquisadora Mestra em História, Teoria e Crítica de arte pelo Programa de Pós Graduação em Artes Visuais da UFRGS; Bacharela em História da Arte pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Investiga a representação visual de sujeitos racializados como negros em acervos artísticos públicos de Porto Alegre, problematizando a interseção raça, arte e poder. Sua prática é informada, principalmente pela Teoria Critica da Raça, pensamentos do feminismo negro, afrodiaspórico e decolonial. Foi curadora na exposição Otacílio Camilo – Estética da Rebeldia (2019), no Museu de Arte do Rio Grande do Sul, na exposição Insurgentes (2020), pelo IV Prêmio Aliança Francesa de Arte Contemporânea. Também foi curadora da exposição Donas da História, que foi apresentada no Palácio Piratini, na Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), no Memorial do Judiciário e no Memorial do Legislativo (2021-2022) e curadora, junto com Igor Simões e Caroline Ferreira, do Programa Público e da exposição Presença Negra no MARGS (2022).



Cristiano Sant'Anna é fotógrafo, e doutorando em Poéticas Visuais pela UFRGS. Integra o grupo de pesquisa Cnpq Arte pública participativa: articulação entre poética e cidadania. Tem trabalhos expostos no Brasil, Argentina, Uruguai e Rússia. Sua pesquisa encontra-se dentro do campo da fotografia, arte contemporânea, arte colaborativa e ação social.



Antônio Carboneiro é catador, reciclador e líder comunitário do Loteamento Santa Terezinha, em Porto Alegre. Atualmente é presidente da Arevipa (Associação de Recicladores da Vila dos Papeleiros) e atua na luta coletiva pelos direitos de catadoras e catadores na cidade.




Maristoni Lima de Moura tem formação como Multiplicadora do Teatro do Oprimido Minc 2004; História UFRGS 2007; Histórico Projetos - 2004 ponto de cultura : A Biblioteca do FSM, Capacitação Software Livres , Educadora Social Rede Educação CIDADÃ FOME ZERO 2005\2006 - Formação UNISOL BR., 2010\2011 NEA projeto ENTREPOSTO loja dos EMPREENDIMENTOS da Economia Solidária, 2007\2014 ksarosa centro de Educação Popular e Resistência Cultural voluntários da pátria 811, dois prêmios salão de Atos da UFRGS 2019; contemplada na Lei Audir Blanc 2020 sec. Cultura incentivo à Cultura, 2020 curso Produção de audioVisual Câmera Causa, 2021 Prêmio Primeiro colocado festival Camera causa cinema, 2021 Prêmio Lider hackathon, 2021 prêmio lideranças feminina Hospital Sta Ana ROTARY.


Fotos: Arquivo pessoal / Divulgação

94 views0 comments

Recent Posts

See All

Comments


bottom of page