top of page

Economia criativa: geração de renda na produção local criativa, inovadora e sustentável

– Tarson Núñez, Aline Bueno, Roberta Dias e Leonardo Bertacco





16/10 às 16h — Vila Flores

Endereço: Rua São Carlos, 753 – Floresta

Entrada franca


Esta atividade conta com Tradução e Interpretação para Língua Brasileira de Sinais — LIBRAS



Aline Bueno é formada pela PUCRS em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda. Possui mestrado em Design Estratégico pela Unisinos, Especialização em Economia da Cultura pela UFRGS e MBA em Gestão Empresarial pela FGV-RS. Tem experiência profissional no desenvolvimento de projetos artísticos, culturais, socioambientais e de pesquisa para organizações como a Casa da Cultura Digital POA, Box 1824, vendoARTE Galeria Virtual, Fundação Iberê Camargo, Raiz Urbana, entre outras. É uma das fundadoras da Associação Cultural Vila Flores, organização em Porto Alegre focada em ações de arte, cultura, empreendedorismo, educação e patrimônio histórico e arquitetônico. Como gestora cultural do Vila Flores desenvolveu inúmeros projetos de artes visuais, artes cênicas, audiovisual, música e dança. Também é uma das articuladoras do Projeto Vizinhança, ação de arte relacional e participativa, que tem como objetivo ativar espaços abandonados ou ociosos com atividades artísticas.



Roberta Dias é pós-graduada em Desenvolvimento Regional e Sustentabilidade pela Universidade de Lisboa e estudante de Políticas Públicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Trabalha com produção cultural e comunicação desde 2015. É gestora de projetos na Associação Cultural Vila Flores, organização da sociedade civil que desde 2014 propõe atividades de cunho artístico, educativo, cultural e arquitetônico no território do 4º Distrito de Porto Alegre, em parceria com diversos agentes nacionais e internacionais.



Tarson Núñez é formado em História pela UFRGS e doutor em Ciência Política pela mesma Universidade. Pesquisador do Departamento de Economia e Estatística da Secretaria do Planejamento do estado do Rio Grande do Sul, onde coordena um programa de pesquisas sobre a economia criativa. Suas pesquisas têm por objetivo subsidiar as decisões e ações do governo do estado no programa RS Criativo por meio da realização de estudos sobre as cadeias produtivas relacionadas com a economia da cultura.



Leonardo Bertacco é aluno do MBA em economia circular e desenvolvimento sustentável na PUCRS e sócio fundador da Likso, uma empresa do universo Precious Plastic, que se dedica à reciclagem de resíduos plásticos e educação ambiental desde 2018. Formado em Medicina Veterinária, atuou no Museu Oceanográfico de Rio Grande FURG integrando a equipe do CRAM, participando da coordenação de várias respostas à derramamentos de óleo, no Brasil e na América Latina. Trabalhou como agente autônomo de investimentos no mercado de capitais e foi superintendente de vendas no mercado imobiliário em Porto Alegre. Foi diretor comercial da startup Globosense Brasil.


43 views0 comments

Recent Posts

See All
bottom of page